SABESP – A companhia responsável pela água e esgotamento sanitário de SP

  • por

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, mais conhecida como SABESP, é a responsável pelo fornecimento e abastecimento de água, além de prover serviços de coleta e tratamento de efluentes.

A SABESP foi criada em 1973, a partir da fusão de uma série de outras empresas, centralizando os serviços oferecidos em uma só, além de expandir sua atuação para outros municípios que não eram contemplados anteriormente.

Trata-se de uma empresa de economia mista, tendo o Estado de São Paulo como principal acionista e gerente da companhia.

 

A SABESP em números

Considerada uma das maiores empresas de saneamento básico do mundo, a SABESP atende mais da metade dos municípios de São Paulo. Anualmente, bilhões de reais são investidos pela companhia, de modo a ampliar e melhorar os serviços ofertados.

A empresa, que em 2018 possuiu lucro bilionário, emprega mais de 13 mil funcionários em mais de 360 municípios, prestando serviço para mais de 19 milhões de pessoas.

São cerca de 10 milhões de ligações de água cadastradas, 2500 reservatórios e mais de 250 estações de tratamento de água. Ainda segundo o site da empesa, a malha de redes de distribuição de água conta com impressionantes 75 mil quilômetros!

Falando agora de esgoto, a empresa fornece coleta de efluentes em mais de 8 milhões de ligações cadastradas, com 561 estações de tratamento de esgoto, além de contar com mais de 50 mil quilômetros de redes coletoras de esgoto.

Os números impressionantes da empresa refletem seu valor de mercado, que em 2014, chegou a ser de mais 15 bilhões de reais.

 

Etapas da prestação do serviço da SABESP

Podemos descrever, de modo geral, as etapas de abastecimento de água da seguinte forma:

  • As águas utilizadas para abastecimento são retiradas de represas, que são instaladas em grandes mananciais hídricos;
  • Após a captação, a água é tratada, com uma série de processos, desde cloração até a filtração e desinfecção, para deixar a água com alto nível de pureza;
  • Neste meio tempo, a SABESP emprega muitos profissionais e técnicas para realizar um constante monitoramento da qualidade da água;
  • Depois de tratada, a água captada é armazenada em grandes reservatórios, onde daí, finamente, a água é distribuída para os bairros.

Analogamente, as etapas de coleta e tratamento de esgoto são:

  • Depois da água fornecida para os cidadãos, ela é utilizada e, naturalmente, tem de ser descartada. Assim, ela torna-se esgoto e precisa ser coletada;
  • Após a coleta, o esgoto é tratado e, de forma semelhante à água, passa por uma série de processos para que seja purificado ao máximo possível;
  • Por fim, esse efluente tratado poderá ser destinado corretamente para o meio ambiente, diminuindo bastante seu potencial poluidor;
  • Além da destinação, parte desse esgoto tratado transforma-se em água de reuso, ou seja, uma água imprópria para o consumo, mas bastante útil para outras finalidades, como determinadas aplicações na indústria, por exemplo.

 

Importância da SABESP

Saneamento básico é uma das áreas mais sensíveis de qualquer país, pois ao ofertar serviços de qualidade, os índices de mortalidade infantil e de doenças ligadas ao saneamento inadequado, mais especificamente à água, como por exemplo a leptospirose, diminuem drasticamente.

Além disso, é extremamente importante garantir que o esgoto seja coletado e tratado para que possa ser lançado de volta ao corpo hídrico sem nenhum prejuízo ao meio ambiente.

Desta forma, percebemos como a qualidade de vida de uma população está intimamente atrelada à qualidade dos serviços de saneamento básico. Água é um direito humano, assim como o meio ambiente equilibrado e conservado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *